sábado, 16 de novembro de 2013

Notebook

Preparando-me para reescrever
Porque reescrever é preciso
Hoje, amanheço com novas páginas em brancos
Em novas páginas vazias
Com a cabeça ainda mais cheia de garranchos

É preciso recomeçar
A partir do zero, jamais
As canetas devem ser novas 
Os cadernos também
A mensagem, esta não
O que se escreve deve ser carregado
Deve conter o peso de tudo que se foi
Mas que seja um peso leve
Que pese graciosamente
Afinal, trata-se do que passou


 Hoje, eu "comecei" um novo caderno
Suas folhas em branco me dão força
Alívio, coragem
Ainda mais vontade
E que, daqui a um ano, eu o tenha em mãos 
Repleto
De tudo, novamente
Preparando-me, com a mesma vontade
Para recomeçar outra vez



Nenhum comentário:

Postar um comentário